quinta-feira, 24 de junho de 2010

Um grande homem: H.L. Mencken




Hehe Hey!Irmãos,quero compartilhar um dos motivos esquecidos que me motivaram  a fazer um blog.

Quando eu era um suricatinho, li na edição nº169 da COVER GUITARRA, mais especificamente na sessão ENTRELINHAS um texto chamado A Arte Do Insulto No País Dos Bunda-Moles, onde o Regis Tadeu falava sobre um cara chamado H.L. Mencken.Esse senhor era um jornalista que tinha muito o que falar e o que xingar,pois vivia nos E.U.A(ou seja,num país que,por mais maravilhoso que pareça ser,é um país panaca), e porque um cara esperto como ele certamente já tinha o conhecimento de que tudo(isso mesmo,TUDO) tem a mão da nossa querida Vadiagem.Então, a tal revista tem algumas das frases mais famosas de Mencken,onde o já citado dá bofete e cascudo na fuça de quem mereceu e/ou merece.E elas são um dos X(ou N,se preferir) motivos que me motivaram a montar o DEATHCATOR!.

Coloco aqui o Top 10 das frases mais bacanas do sr. H.L. Mencken:

"Imoralidade é a moralidade daqueles que se divertem mais do que nós."
"Digam o que quiserem dos Dez Mandamentos,devemos nos dar por felizes por não passarem de dez."
"Poder ser um pecado pensar mal dos outros,mas raramente será um engano."
"É difícil acreditar que um homem esteja falando a verdade quando você sabe muito bem que mentiria se estivesse no lugar dele."
"O principal conhecimento que se adquire lendo livros é o de que poucos livros merecem ser lidos."
"O cristão vive jurando que nunca fará aquilo de novo.O homem civilizado apenas resolve ser mais cuidadoso da próxima vez."
"Nunca superestime a decadência da espécie humana."
"Pelo menos numa coisa homens e mulheres concordam: nenhum deles confia em mulheres."
"A consciência é uma voz interior que nos adverte que alguém pode estar olhando."
"Quando mais envelheço,mais desconfio da velha máxima de que a idade traz a sabedoria."

Então povos,irei matutar aqui sobre o que vou postar amanhã.
Tchau!

Nenhum comentário:

Postar um comentário