quarta-feira, 4 de maio de 2011

Uma merda, né?

"noite e dia, eu e você"


Com o passar dessas semanas
eu pude ver aquela você, que não costuma aparecer
aquela você totalmente estúpida, mimada e chorona
e facilmente manipulada pelo primeiro que estende os braços
com papinhos estilo "quando o sol bater na janela do teu quarto".
-Isso me deixou muito puto!

Águas passadas, a noite e dia,
eu e você, estávamos bem, again.
Mas aí eu vi aquela você, que você costuma mostrar
me dando corda, me dispensando,
deixando os meus braços para ir pra casa com outro rapaz.
Desculpa, gata. A bebida não resolveu.
-Isso ainda me deixa muito puto!

Então, deixo claro que, por enquanto,
desejo que você pegue o retorno e
vá pro inferno de onde veio. Não tô com saco pra você.
O céu tá cheio de estrelinhas por aí, e eu to afim de aproveitar
os dez dias que me restam antes de cair em "Lésbicas" novamente.

Uma merda,né?
Comente e siga o blog, é a maneira mais efetiva para sobreviver depois da guerra dos universos.
Falou!o/

4 comentários:

  1. é o ultimo trecho ficou meio confuso :/
    mas ta ótimo

    ResponderExcluir
  2. Nossa,profundo!
    Romântico e grosso ao mesmo tempo ;)
    Massa!

    ResponderExcluir
  3. Só eu lembrei do Naru ? :x kkkkkkkkk
    Realmente acho que você deveria escrever mais coisas assim, o teu talento é indiscutível!
    :*

    ResponderExcluir
  4. kkkk, "desejo que você pegue o retorno" haha

    ResponderExcluir